ÚLTIMO DIA com as BIGs CORPORAÇÕES

ago 6, 2020 Inside

VERIZON VENTURES, SANTANDER INNOVENTURES, BOEING HORIZONX, TELUS VENTURE, PEPSICO TECHNOLOGY VENTURES E SCHNEIDER ELECTRIC VENTURES, como andam os investimentos de CORPORATE VENTURES em 2020?

 

Começando pelas boas notícias: nenhuma delas diminuiu o ritmo.

Passaram os primeiros meses da pandemia ajudando na sustentação do portfólio. Apesar do impedimento de due diligence in loco, o que para indústrias que trabalham com hardware, plásticos, substâncias é uma mudança substancial de processo, continuaram a trazer novos negócios. “Estamos abertos, mas com olhos mais atentos, com o processo a distância”, ressalta Jay Crone, da Telus Venture. Santander acelerou a tese. Trouxe mais 5 startups para dentro. Relembrando: A a55, brasileira foi uma delas. Critério geral: “Como seu modelo se comporta na incerteza?”, revela Chris Gottchalk.

 

VAI VOAR?

Longa distância? A Boeing HorizonX  busca startups que estejam desenvolvendo soluções para tornar os voos  mais confortáveis, frente às exigências causadas pela PANDEMIA. De preferência soluções touchless. Alguma ideia?

 

OTIMISTA ou REALISTA?

Que tom vai guiar seu slide deck, principalmente quanto a números e projeções? Andrew Clapp, da CIG CAP, aconselha: previsão ajuda o investidor a entender onde você quer chegar e o quanto você presta atenção aos detalhes, nessas projeções. Mas afinal, jogar os números no topo do sucesso ou ser mais conservador? Bom, ele falou, falou, mas não respondeu. Das entrelinhas podemos concluir: Conservador demais pode desestimular o investidor. E ir alto demais pode mostrar um sonhador. Calibre pela cultura do fundo e da indústria.

 

O QUE FAZ VOCÊ FECHAR UM GOOD DEAL?

A resposta aqui é direta: Único fundo do painel que investe na América Latina, WIND VENTURE ( aporte na CARGO), considera: “equipe que aprende rápido, modelo escalável, fit perfeito do produto”, conta Sean Simpson, que relembra os setores em que investem: mobilidade, energia e retail.

 

CONHEÇA OS NEGOCIADORES

Excelente workshop com a simulação de uma negociação contratual na série A. Dos dois lados, advogados da McCarter & English LLP, que disponibilizaram um template com TERM SHEETS, em pdf. Quer? Só mandar email que a gente envia. Resultado da simulação? Para deixar você mais tranquilo, uma hora e não avançaram quase nada nos mesmos pontos em que sempre empacamos: percentual, exit, diluição… Bom, se sentir normal, mesmo entre os grandes, não?

 

FIRST MEETING

Vai abordar por email, as dicas são de Jun Deng, Joyance Partners:

  • capriche no título,
  • envolva na introdução,
  • muito texto nem pensar.

 

E: tente não pedir, mas oferecer um conteúdo que crie curiosidade para motivar o encontro.

 

Na segunda, liberaremos mais alguns conteúdos para complementar:

  1. VC contam como saber se você está pronto para o pitch?
  2. Healthcare e Life Sciences: para onde vamos agora?
  3. Board members: o que os fundos querem ver?

Esperamos que tenham aproveitado o resumo!

 

Quer conversar mais sobre esses temas? katiamenezes@mediapool.com.br

Por Katia